quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Proposta de um Blog em Neurologia

Saudações a todos!

Decidi começar um blog de neurologia no intuito de disponibilizar informações consistentes e seguras para pessoas portadoras de doenças neurológicas e seus familiares. Com o acesso estrondoso às informações possibilitado pela Internet, acho interessante ter alguém que filtre os assuntos e consolide os conteúdos, tornando-os acessíveis e úteis.
Vamos pensar de maneira científica para compreender o que é preciso filtrar.
Encontramos nos sinais e sintomas da doenças os fatos de interesse científico; no trabalho de pesquisa retira-se desses fatos os dados que permitem uma análise e compreensão dos fenômenos (à luz da ciência contemporânea); a partir daí temos informações que permitem as construções teóricas. Quando tudo isso é elaborado pela comunidade acadêmica e transformado em conhecimento aplicável, daí temos a prática profissional - da neurologia no nosso caso específico.
Como a produção científica é constante e em grande monta, além do imenso trabalho de lidar com os pacientes e utilizar os conhecimentos já estabelecidos mundialmente, precisamos estar atentos para os dados dos novos trabalhos, evitando conclusões precipitadas e acelerando para fornecer o que há de melhor na ciência ao consumidor final (o paciente).
Para o especialista - que vivencia a teoria e a prática da área profissional - já é uma tarefa hercúlea dar conta das contradições da neurologia e dos conflitos entre a indústria e o mercado de um lado e a qualidade de vida e a saúde dos pacientes de outro. Imagine para aquele que se encontra perturbado por uma doença e que busca, mais do que o conhecimento, uma resolução para seus problemas.
Por isso começamos esse blog.
Não faremos consultas pela internet, não indicaremos tratamentos, nem recomendaremos procedimentos que carecem de comprovação científica (e estou sempre atento para as limitações do método científico). O que pretendo é apresentar o que há de mais atual na neurologia clínica de uma maneira fácil de compreender e útil para aqueles que buscam o tratamento para suas condições.
Apesar de não me dispor a trata de questionamentos específicos(que devem ser feitos nos consultórios médicos), aceito sugestões de temas em neurologia para discussão.
Estando posto meu objetivo primeiro com esse blog, cabe agora dizer os efeitos colaterais que podem advir de sua escrita:
- teremos um maior contato com o público, o que me dará feedback sobre minha prática e talvez propicie alguns bons contatos;
- terei a possibilidade de resumir, re-elaborar e escrever sobre os artigos científicos que leio vorazmente e que são esquecidos com o tempo por falta de um registro metódico;
- pretendo ainda me manter alerta para a dimensão humana na questão das doenças e seus tratamentos, pois por mais que eu busque atentar para esse aspecto, somos compelidos no dia-a-dia a agir objetivamente, o que pode significar "objetificar" também as pessoas, inadvertidamente.
De antemão posso afirmar que, exceto pelo fato de ser um neurologista atuante na prática hospitalar e de consultório, não tenho nenhum conflito de interesse ao me referir a qualquer tratamento medicamentoso ou procedimento diagnóstico/terapêutico. Não recebo grants de nenhuma instituição famarcêutica, nem esse blog é patrocinado por qualquer outro senão eu mesmo.
Agora, mãos à obra!
Saúde e paz!

4 comentários:

cida disse...

Dr.Taussig, boa tarde, sofri um acidente de trabalho em 2004 que lesionou a lombo-sacra acarretando hérnia discal em L-5/S-1, no último exame feito de eletroneuromiografia tive o seguinte resultado:
Eletroneuromiografia dos membros superiores e inferiores, revela a presença de neuropatia sensitivo-motora, nos segmentos punho/cotovelo e ombro alcançando a coluna cervical e lombar, concomitante sinais e radiculopatia cervical e lombo-sacra acometendo os miótopos tribuitários de C6-7 e L4-5/S1, acentuado a esquerda. Os achados indicam sinais de processo degenerativo emergente.
Vale ressaltar que estou sendo acompanhado por dois grandes especialistas, contudo as minhas consultas estão um tanto longe para que eles possam analisá-las, e gostaria de ter uma outra assinatura de tão respeitado e conceituado especialista. Obrigado.

Rogerio, Magé-Rio de janeiro.

Roger Taussig Soares disse...

Olá Rogério,

Aparentemente, vc tem comprometimento tanto da coluna cervical como lombar, na origem das raízes nervosas.
Seus médicos poderão avaliar, junto com os resultados de ressonância se é esse mesmo o caso e se há possibilidade de descompressão cirúrgica.
Desejo-lhe melhoras!

Ronysmario disse...

Olá Dr. Roger, sou fisioterapeuta e tenho uma paciente que sofre com demência e neuropatia, atualmente foi iniciado o uso do medicamento NEOZINE, para o tratamento dos delírios, observei algumas mudanças, como sonolência constante, dificuldade para durmir, fraqueza muscular (dificuldade para deambular) gostaria de saber se essas reações são esperadas? quais medicamentos são eficaz para o tratamento dos delírios?
Obrigado.

Roger Taussig Soares disse...

Olá!
O Neozine é um neuroléptico clássico, diferente dos neurolépticos atípicos que são mais modernos.
Habitualmente, quando utilizamos um neuroléptico como esse para o controle de distúrbios de comportamento ou sintomas como alucinações é porque pesamos o risco e o benefício da medicação.
É claro que toda medicação tem, potencialmente, efeitos colaterais. Isso acontece ainda mais nos idosos e em alguns grupos de demência como a demência de Corpos de Lewy que tem alta sensibilidade a neurolépticos.
Contudo, o fato de ter tido sonolência com a medicação não significa que ela não seja adequada. Talvez apenas a dose deva ser ajustada.
O importante é sempre conversar com o médico do paciente para tirar dúvidas e realizar os ajustes finos das medicações.

Um abraço,